Notcias e Eventos

Notcias e Eventos

O despertar de novos escritores

06/09/2017

“As flores são coloridas; fazem parte da natureza; todas elas são formosas; o que espalham é beleza”. Este é um trecho do poema Flor, escrito por Suelen Machado, nove anos, que realiza tratamento oncológico no Centro Oncológico Infantojuvenil, do Instituto do Câncer Hospital São Vicente. Assim como ela, outras sete crianças e adolescentes em tratamento, estão colocando nas palavras, em textos e poemas, sua criatividade, emoções e contando belas histórias. Isto porque, Passo Fundo é uma cidade que respira e inspira escritores através da Jornada de Literatura e Feira do Livro. Impulsionados por estes dois eventos, os pequenos escritores estão participando do projeto desenvolvido pela Academia Passo-Fundense de Letras, Cultivando Talentos, que é desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

O projeto está sendo realizado no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, pela primeira vez, com o apoio das pedagogas Silvia Ricci e Daniela Dias, do Projeto Classe Hospitalar Escola de Vida. Conforme a Presidente da Academia Dilse Piccin Corteze, o Cultivando Talentos tem como objetivo levar os alunos das escolas municipais até a Academia e os escritores para incentivá-los e ajudá-los a escrever. Depois de algumas aulas, os estudantes escrevem contos, poemas e textos que são publicados no livro “Cultivando Talentos”, que é lançado na Feira do Livro. “É o segundo ano que a Academia realiza este projeto e 40 alunos estão participando. Este ano, a Silvia nos chamou e tem sido uma ótima oportunidade de levar para as crianças em tratamento o mundo da escrita e da leitura. Recebemos ótimos textos deles e estamos colhendo os frutos desse projeto”, enalteceu Dilse.

Elisabeth Souza Ferreira foi umas das escritoras que veio até o hospital para passar ensinamentos e mostrar seu trabalho para os pacientes. “Nos aproximarmos deles é uma forma de mostrar que é possível ser escritor e também de incentivá-los à leitura”. Silvia e Daniela também acompanham o trabalho dos alunos e auxiliam nas correções. “Está sendo maravilhoso fazer parte desse projeto com a Academia de Letras. Os alunos quando internam ou vem para as consultas esperam os escritores para as aulas e a produção deles é excelente. Há um envolvimento das famílias, que apoiam e incentivam os filhos nas produções escritas. Aguardam ansiosos pelo dia do lançamento do livro!”, relata Silvia.

“A recompensa de todo o sofrimento vêm em forma de amizades, essas que surgem sem mais nem menos, mas se tornam muito especiais e importantes”, assim diz parte do texto da aluna Victoria Bortolini, 15 anos, que recebeu duas visitas, no quarto onde estava internada para o tratamento, da escritora Elisabeth. “Muito legal conhecer um autor. Gosto muito de escrever e um dia quero lançar uma autobiografia. Esta oportunidade com certeza vai me auxiliar para que esse sonho torne-se realidade”. O restante desta história e de outros textos, vai ser possível conferir na Feira do Livro, que acontece de 03 a 12 de novembro, no Bourbon Shopping.

Foto: Victória recebeu a visita da escritora Elisabeth da Academia de Letras (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)

Galeria de fotos