Notcias e Eventos

Notcias e Eventos

Cuidados paliativos instiga a reflexão sobre o sentido da vida na morte

06/10/2017

Um questionamento para profissionais de saúde e todas as pessoas fazerem. Como lidamos com a finitude da vida? Reflexões difíceis, que num primeiro momento podem não soar bem, mas que sabemos que ocorrerá a todos nós, então, porque não falarmos a respeito, no sentido de elaborarmos uma consciência que nos fortaleça, dando um outro olhar sobre a morte.

O dia 14 de outubro é celebrado o Dia Mundial dos Cuidados Paliativos. Para marcar essa data, o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, através do Grupo Consultor de Cuidados Paliativos (GCCP) promove a mesa redonda Você está preparado para a morte de seu paciente? O evento é aberto ao público e acontece no dia 17 de outubro, às 19h15min, no auditório da Faculdade de Medicina, Campus II da Universidade de Passo Fundo (UPF), Rua Teixeira Soares, em frente ao HSVP.

Segundo a psicóloga Débora Marchetti, coordenadora do Grupo Consultor de Cuidados Paliativos do HSVP, este ano o tema da campanha é: “Cobertura Universal de Saúde e Cuidados Paliativos – Não deixe aqueles que sofrem para trás”. Para ela, o cuidado paliativo visa melhorar a qualidade de vida de adultos e crianças que vivem e morrem de doenças graves e que limitam a vida.

A abordagem dos cuidados paliativos, conforme a psicóloga, concentra-se em atender as necessidades do indivíduo na sua integralidade, envolvendo questões físicas, emocionais, sociais e espirituais. “Não deixe aqueles que sofrem para trás. As pessoas precisam ter acesso aos cuidados paliativos tão logo é diagnosticada a condição de limitação de vida e não apenas no final da vida. É preciso assegurar que as pessoas vivam com condições que limitam a vida com conforto e sem sofrimento, que é tão importante quanto garantir uma boa morte”.

20 milhões de pessoas necessitam de cuidados paliativos

A Organização Mundial de Saúde estima que em 42% dos países do mundo existe disponibilidade ZERO de cuidados paliativos. O número de pessoas que necessitam de cuidados paliativos no final da vida é de 20 milhões, menos de 10% recebem esse tipo de cuidado. “O dado é alarmante porque essa estimativa calcula apenas a necessidade no tempo final de vida, não abarca os pacientes que precisam também ao longo do curso da doença potencialmente fatal”, enfatiza Débora. Ela salienta que ainda mais assustador são pesquisas realizadas pela Rede Internacional de Cuidados Paliativos para Crianças, as quais identificaram que menos de 1% das crianças que necessitam de cuidados paliativos estão recebendo o atendimento.

E para minimizar e até reverter esta realidade que o Grupo Consultor de Cuidados Paliativos do HSVP se mobiliza nesta data mundial. “Precisamos pensar nas dificuldades e resistências em fazer os cuidados paliativos. Com esse intuito o GCCP foi criado, para ajudar os pacientes a viverem com qualidade e dignidade até o seu último momento e principalmente, auxiliar as diversas especialidades do Hospital São Vicente de Paulo, a pensar qual a melhor forma de manejo, de cuidado com o seu paciente e a sua família”.

De acordo com Débora, o GCCP é formado por uma equipe multiprofissional que trabalha para “não deixar aqueles que sofrem para trás” e busca instigar a pensar nessa forma de tratamento que é desafiadora, pois se trata de paradigmas que precisam ser quebrados: “Nem sempre vamos salvar os pacientes; cuidar, em muitos casos, é mais importante que o curar; a morte faz parte do ciclo natural da vida. Você está convidado a pensar conosco sobre essas questões, então participe da mesa redonda: Você está preparado para a morte de seu paciente?”, convida a psicóloga para o evento.

Programação da mesa redonda
Dia 17/10/2017 (Terça-feira)
Local: Anfiteatro da Faculdade de Medicina UPF
19h15min - Apresentação do GCCP - Psicóloga Fernanda Busnello
19h30min - Cuidados paliativos: como estou fazendo? - Dr. Daniel Marcolin
20h – O olhar humanizado da Enfermagem- Enfermeiro Maurício Luzzi
20h30min - O sentido da vida na morte - Psicóloga Débora Marchetti
Foto: Grupo de Cuidados Paliativos do HSVP é formado por equipe multiprofissional (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)
Imagem do banner: (Arte HSVP/Luiz Lorenzi)