Notcias e Eventos

Notcias e Eventos

Academia Passo-Fundense de Letras forma jovens escritores no HSVP

12/12/2017

A segunda-feira, 11 de dezembro de 2017 está marcada na história do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo. Isto porque, o dia foi de muita emoção e alegria, devido à formatura de sete crianças e adolescentes como escritores mirins da Academia Passo-Fundense de Letras. Os estudantes da Classe Hospitalar Escola de Vida, projeto desenvolvido pelo HSVP, Prefeitura Municipal, Ministério Público e Universidade de Passo Fundo (UPF) participaram do projeto Cultivando Talentos. Nesse trabalho, os alunos receberam aulas de membros da academia e escreveram textos que foram publicados no livro “Cultivando Talentos”, lançado na 31ª Feira do Livro de Passo Fundo.

O talento e a dedicação dos pacientes em relação à leitura e à escrita encantaram a todos, tanto que, uma das escritoras, a jovem Victória Bortolini, 15 anos, foi escolhida para fazer parte da academia como Acadêmica Mirim. A solenidade contou com a presença dos escritores Joel Vicari, Victória Bortolini, Ketlin Duarte Martins, Quetlin Flores, Suelen Prandi Machado e Fernanda Piovesan, seus pais, membros da academia, autoridades, entidades parceiras, equipe multiprofissional do Centro Oncológico Infantojuvenil e parceiros do projeto Escola de Vida. Organizados pelas professoras da Escola de Vida, Silvia Ricci e Daniela Dias, os pequenos exibiam largos sorrisos por presenciarem um momento tão significante. Os escritores mirins leram seus poemas e textos e também apresentaram uma canção aos convidados. A cerimônia de formatura fechou com chave de ouro o ciclo de aulas, lançamento do livro e sessão de autógrafos, já vivenciados pelos pacientes ao longo do projeto.

Na oportunidade, a presidente da academia, Dilse Piccin Corteze evidenciou que um dos principais objetivos e preocupações da academia é a formação de novos escritores, e por isso, buscam trabalhar com crianças e adolescentes que são o futuro da literatura. “O projeto Cultivando Talentos existe há dois anos e trabalha com alunos da rede municipal de ensino, que são selecionados, ou seja, quem tem gosto pela leitura e escrita. Eles vão até academia onde recebem aulas e são lapidados. Neste ano, quando a professora Silvia nos ligou para trazermos o projeto para a Escola de Vida ficamos muito felizes”, destacou Dilse, pontuando ainda que, ao chegar no hospital, os acadêmicos ficaram impressionados com o talento já demonstrado pelos alunos. “Como os pacientes não podiam ir até a academia, eles receberam as aulas aqui com a professora Elisabeth Souza Ferreira. Foi muito gratificante para nós a participação deles. Aprendemos com as histórias destas crianças e jovens, e esperamos que essa parceria se estenda pelos próximos anos, com ainda mais escritores”.

Victória Bortolini, que foi oradora da turma na solenidade, ficou surpresa e emocionada ao saber que tinha sido escolhida como Acadêmica Mirim. Em seu discurso ela falou sobre o sonho de ser escritora. A jovem quer escrever uma biografia, relatando o dia a dia de quem enfrenta o câncer. “Deus sabe o que faz, essa é uma das frases que repetidas vezes falo. Há alguns meses atrás fomos convidados a participar do projeto Cultivando Talentos. Para mim foi a realização de parte do meu sonho, para todos os envolvidos, foi uma alegria e emoção pura. Nos preparamos, estudamos e fizemos a lição de casa direitinho. Orgulhosos, estivemos na Feira no lançamento do livro, naquele dia diante de todas as pessoas, de cada sorriso e de cada autógrafo dado, e olha que não foram poucos, tivemos a certeza de que valeu muito pena! Valeu cada palavra, sílabas, vírgulas e pontos colocados naqueles textos. Agradecemos a Dilse, professoras Silvia, Dani e Bety, que nos auxiliaram muito, e aos nossos familiares pelo apoio”, evidenciou Victoria, emocionada, durante sua fala.

O superintendente executivo do Hospital São Vicente, Ilário De David, ressaltou a importância da solenidade na história centenária do HSVP, já que, na instituição passam muitos estudantes de graduação, pós-graduação e que agora, a Escola de Vida e os jovens escritores entram para a história. “Queremos agradecer a Academia Passo-Fundense de Letras por realizar esse projeto e esta cerimônia aqui no hospital. Nós começamos com uma sala pequena, evoluímos com a parte assistencial e depois surgiu o projeto Escola de Vida, o qual estamos colhendo o resultado. O que mais emociona é ver o que eles estão fazendo. Estão estudando, voltando para casa, para sua sala, com os seus coleguinhas. Isso tudo, só acontece porque grandes parcerias, com grandes pessoas, pessoas sérias, resultam em projetos como esse”.

A promotora de Educação, Ana Cristina Ferrareze, uma das parceiras do projeto Escola de Vida, esteve na solenidade e agradeceu às entidades e pessoas envolvidas pelo convite de participar do projeto. “É extremamente gratificante fazer parte da Escola de Vida. Acredito muito no poder que a educação tem. Aqui ela também leva estímulo, vida, e a vontade de prosseguir dessas crianças. Penso que, esta é realmente uma Escola de Vida, porque as crianças que estão aqui terão um convívio com os seus colegas, sua turma, escola e município. Esse convívio não gerará uma série de outros problemas. É uma alegria, um orgulho, uma satisfação fazer parte disso”, enalteceu Ana Cristina, salientando ainda que, a Corregedoria do Ministério Público homenageou a Promotoria de Passo Fundo pela iniciativa.

Assim como Ana Cristina, o secretário de Educação, Edemilson Brandão também reiterou na cerimônia, a importância da educação. Ele pontuou que ao longo destes anos à frente da secretaria, vem buscando fazer escolas diferentes. “Nós precisamos criar escolas diferentes, escolas onde as pessoas possam ser vistas pelo seu talento. Onde há uma criança que precisa de educação, seja hospital ou qualquer outro lugar, nós precisamos estar lá. Uma criança precisa aprender, expressar seus conhecimentos, então não importa onde esteja. Quero agradecer também a parceria das entidades, famílias e pessoas, pois uma escola de qualidade se faz com parcerias. Todas essas movimentações, diretas ou indiretas, fazem com que possamos construir em Passo Fundo uma realidade educacional diferente”, salientou Edmilson, parabenizando os autores e incentivando-os a seguirem no projeto. “O que vocês escrevem é realmente muito importante. Que possamos dar continuidade e revelar novos talentos em Passo Fundo e região”.

O vereador Saul Spinelli representou a Câmara de Vereadores na solenidade. Grande apoiador do Projeto Escola de Vida e do Centro Oncológico, Spinelli destacou o trabalho das professoras Silvia e Daniela. “Acredito que a educação é libertadora e a leitura muito mais. Não tinham pessoas mais dedicadas e qualificadas para fazer esse trabalho do que estas duas. Esta formatura é um ato extraordinário, da academia no hospital. Participar desta sessão é a certeza que esse é o caminho, lutar, buscar, incentivar, essa é a maneira de construir um mundo melhor”.

Ainda, finalizando a cerimônia, o vice-prefeito de Passo Fundo, João Pedro Nunes parabenizou a Academia Passo-Fundense de Letras e os pequenos autores pelo livro e projeto. Ele também agradeceu ao HSVP, à Promotoria e aos parceiros do Projeto Escola de Vida. “Victória, parabéns por estar disponível a escrever a tua história, ali você colocou teu sentimento que vai ficar marcado na história. Você e seus colegas que representam nesses textos a Escola de Vida. Aos pais, saibam que estamos juntos nesse momento importante da vida de vocês. Passo a passo vamos deixando para trás esses momentos mais difíceis”. João Pedro evidenciou que tem certeza de que, com as parcerias certas podemos continuar nesse caminho.

Foto: Presidente da academia, Dilse Corteze evidenciou a importância da formação de novos escritores (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)

Foto: Victória Bortolini ficou emocionada ao ser escolhida como Acadêmica Mirim (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)

Foto: Crianças escritoras apresentaram uma canção na solenidade (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)

Foto: Dilse Corteze e uma das alunas que receberam certificado da academia (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)

Foto: Crianças e jovens em tratamento oncológico autografaram o livro Cultivando Talentos (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)

Galeria de fotos