Notcias

Notcias

Dia do idoso: uma reflexão sobre o envelhecimento

01/10/2018

 Envelhecer é um processo contínuo e atemporal que inicia no momento em que nascemos. Nosso principal desafio hoje é desvincular o envelhecimento do tempo futuro. O envelhecer é presente, acontece a cada instante e todas as nossas ações têm impacto sobre esse processo. O Dia Mundial do Idoso, celebrado no dia 1º de outubro, carrega uma série de reflexões, sobre os idosos que nos cercam, como essa fase acontece, os desafios que ela traz ou até mesmo sobre que idosos nós seremos. A sociedade caminha para um estágio onde o número de idosos superará o de crianças, onde as políticas, o transporte, a saúde e até mesmo a arquitetura terão de se moldar às novas necessidades e é de extrema importância que saibamos aprender com o que observamos hoje.

Nesta primeira semana de outubro, ações são realizadas para abordar estes temas, falar sobre o idoso e conscientizar a população sobre a importância de se preparar para a velhice. Diante disso, a Residência Multiprofissional Integrada em Saúde do Idoso, realizada pelo Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, em parceria com a Universidade de Passo Fundo (UPF) e Prefeitura Municipal de Passo Fundo (PMPF) estão promovendo ações e atividades. Na sexta-feira, 28 de setembro, uma missa foi realizada na igreja do hospital. A Missa do Idoso contou com uma benção especial e a participação do senhor Marcelo Galli e sua família, que ganhou o concurso fotográfico “Curto muito este idoso” realizado em 2017, e que está com a II edição em andamento, na página do Facebook do HSVP.

Ainda, a equipe da Residência Multiprofissional espalhou caixas nas portarias do hospital, onde é possível fazer a doação de donativos que serão entregues em instituições que acolhem idosos.

A verdade é: estamos envelhecendo hoje
Especializando-se em Saúde do Idoso, os residentes fazem uma reflexão sobre este tema e como a população lida com o envelhecer. “O Dia Mundial do Idoso é o dia para pensar na qualidade de vida, dia de abrir os olhos para o que impacta negativamente nessa população e nos questionarmos sobre o que estamos fazendo para que o nosso envelhecer seja diferente? Hipertensão, diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica, insuficiência cardíaca, dislipidemias. Vemos nossos pais, nossos avós, nossos irmãos, nossos amores se acostumando a receber esses diagnósticos, a conviver com as doenças e a levar uma vida recheada de medicamentos e restrições. São consequências da vida que levaram, das escolhas que fizeram. Nossas atitudes e escolhas condizem com o que esperamos do futuro? Estamos prontos para arcar com as consequências? ”, relatam e indagam os profissionais.

Conforme os profissionais da Enfermagem, Farmácia, Nutrição e Fisioterapia, a Residência em Saúde do Idoso, mais do que preparar para cuidar da velhice, têm os preparado para envelhecer. “Hoje, estamos decidindo os idosos que seremos, a forma como nós tratamos implica em como nosso corpo vai reagir e a forma como tratamos o outro implica como ele reagirá a nós. Saúde mental, estresse, ansiedade, esgotamento. Palavras tão comuns, rotinas tão comuns, tão nossas. Depressão, Alzheimer, Parkinson, demências. Coisa de gente velha. Será? Quem é velho quando entendemos que a cada segundo já não somos tão jovens quanto um dia fomos? ”.

Outro ponto ressalto pelos residentes é que é preciso entender que o cuidado com o idoso começa na gentileza, na paciência, na escuta ativa, no tempo e na atenção que dispendemos. Que ele começa hoje no cuidado que temos com a nossa mente, com o nosso corpo e com as nossas escolhas. “O cuidado reflete o cuidado que tivemos conosco, que tivemos com o próximo e o que terão com a gente, porque sempre colheremos os frutos de nossas ações. No Dia do Idoso dê aquele abraço apertado em quem já está nesse mundo há mais tempo que você, aproveite para aprender um pouco mais e tente se perguntar que idoso você quer ser.”

Foto: Residentes fizeram uma Missa em homenagem aos idosos (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)

Galeria de fotos