Notcias

Notcias

Serviço de Hemoterapia e parceiros lançam livros na 32ª Feira do Livro

06/11/2018

O palco da 32ª Feira do Livro de Passo Fundo quase ficou pequeno para tantas pessoas que, imbuídas do mesmo ideal, dedicaram-se para a produção das obras Doadores do Amanhã e O Superpoder Real, lançadas nesta terça-feira, 06 de novembro, pelo Serviço de Hemoterapia do Hospital São Vicente de Paulo, Academia Passo-Fundense de Letras, Secretaria Municipal de Educação e Projeto de Extensão da Universidade de Passo Fundo (UPF), ComSaúde, que integra os cursos de Medicina, Artes Visuais e Jornalismo.

Este grupo reuniu esforços, agregou ideias e pôs as “mãos na massa” para elaborar dois livros que, essencialmente, incentivam a doação de sangue como um gesto de amor e valor à vida. Além do tema, o que há em comum nos livros é o olhar para o público infantil e infanto-juvenil, que também atuou na produção de uma das obras.

Doadores do Amanhã
Na apresentação, Dilse Piccin Corteze, da Academia Passo-Fundense de Letras, chamou ao palco todos os parceiros, que se reuniram para “plantar a semente” da doação de sangue nas escolas municipais de educação infantil Sonho Encantado e Padre Alcides e as de ensino fundamental São Luiz Gonzaga e Daniel Dipp. Durante alguns meses, o tema da doação de sangue virou aulas, atividades lúdicas que despertaram a imaginação e a criatividade de alunos e professoras. Todo o material rendeu cartazes, depoimentos, poemas, fotografias, desenhos, jogos, bonecos, aulas especiais sobre doação de sangue, que culminaram no livro Doadores do Amanhã.

Em relação ao envolvimento com o projeto, Dilse contou que quando foi chamada para compor o grupo, ficou feliz com o que encontrou, pois além de pessoas motivadas, estava diante de um projeto com objetivos claros e muito próprios para serem trabalhados com crianças de séries iniciais e ensino fundamental. “Usei minha experiência de quase 40 anos em sala de aula e de coordenação do Projeto Identificando Talentos da Academia Passo-Fundense de Letras, para contribuir com a orientação pedagógica das escolas envolvidas no Projeto Doadores do Amanhã. Visitamos as escolas selecionadas, onde fomos muito bem recebidas e quando expusemos o trabalho a ser realizado, sentimos que nossa empolgação foi imediatamente recebida pelo grupo de professores, que logo sugeriram atividades possíveis a serem desenvolvidas pelos alunos”, descreve a coordenadora.

A Dra. Cristiane da Silva Rodrigues de Araújo, responsável técnica do Serviço de Hemoterapia do HSVP e professora coordenadora do Projeto Doação de Sangue/ComSaúde afirma que “o livro Doadores do Amanhã nasceu do intuito de sensibilizar, através da educação e cidadania, os futuros doadores de sangue da comunidade de Passo Fundo e região. Ao envolver os alunos do projeto de extensão da UPF, temos condições de tornar os futuros médicos profissionais mais humanizados, além de multiplicarmos a doação entre as crianças, seus familiares e comunidade como um todo”.

Na visão da professora Fabiana Beltrami da Silva, do curso de Jornalismo da UPF, o Programa de Extensão ComSaúde reflete, dissemina a informação em saúde de forma criativa, participativa e em loco. “Além da cobertura jornalística das atividades nas escolas, a produção informativa da temática da doação de sangue, própria da atuação do projeto, foi realizada por uma turma do curso, produzindo oito matérias sobre o tema. Portanto, além do ato de partilhar conhecimento, dezesseis alunos adentraram a Hemoterapia, conhecendo as etapas e processos que o caminho do sangue realiza antes de chegar ao receptor”, detalha Fabiana, ao reforçar que o objetivo foi a produção de conteúdo jornalístico e sensível para dar suporte no que tange às informações para as escolas e alunos, bem como para a comunidade em geral.

Segundo o secretário de Educação, Edemilson Brandão, o projeto Doadores do Amanhã vem demonstrando grande avanço no processo de conscientização sobre a doação de sangue em Passo Fundo e região. “Parabenizo, portanto, a todos os envolvidos neste projeto que resultou na primeira edição deste livro, que representa um marco importante no engajamento das escolas públicas no movimento de conscientização da importância e da necessidade de doar sangue para salvar vidas”.

O Superpoder Real

O livro pocket Superpoder Real propõe uma aula de ciências bastante criativa e elucidativa sobre o processo do ciclo do sangue. Numa linguagem simples, a professora e os alunos conversam e explicam como funciona as etapas do ciclo do sangue, tendo como protagonista o mascote da Hemoterapia, Hemozito, que se apresenta como o Super-Hemozito, também conhecido como o super-herói da vida real. Diante dos alunos, ele explica que seu superpoder é doar seu sangue para as pessoas que precisam. Nesse sentido, o Super-Hemozito encerra sua lição, convidando os estudantes a multiplicarem essa história para pais, vizinhos e amigos. Desta forma, conquistar um maior número de doadores de sangue, ou super-heróis da vida real é a missão dos alunos que participaram da aula.

Na 32ª Feira do Livro, os autores autografaram o pocket O Superpoder Real, que foi organizado por Cristiane da Silva Rodrigues de Araújo, Dilse Piccin Corteze e Larissa Andrea Schons, com texto de Débora Cristina Schuh e ilustrações de Ighor Prodlik Laimer, alunos do Programa de Extensão ComSaúde do Curso de Medicina.

Foto: Profissionais de diversas áreas e instituições lançaram os livros Doadores do Amanhã e Superpoder Real (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Endil Mello)

Foto: Alunos de escolas municipais participaram da produção do Doadores do Amanhã (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Endil Mello)

Foto: Parceiros na educação e cidadania incentivam a doação de sangue na comunidade (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Endil Mello)

Foto: Exposição dos trabalhos das crianças que fazem parte do livro Doadores do Amanhã (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Endil Mello)

Galeria de fotos