Notcias

Notcias

HSVP Unidade 2 realiza mutirão de quadril

13/11/2018

 “Estou emocionado por ter conseguido fazer a cirurgia no quadril e agora poder ir para casa, sem dor”. Esse é o sentimento do vendedor autônomo José Carlos Cabral, 56 anos, após passar por uma cirurgia de quadril, no dia 10 de novembro, no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) Unidade 2 de Passo Fundo. Quando internou, na sexta-feira (09), José estava na expectativa pelo procedimento cirúrgico que aguardava há quatro anos, que lhe causava dores para caminhar, dormir e lhe prejudicava em atividades rotineiras. Agora, “vou conseguir voltar a caminhar, me movimentar, ter uma vida normal, confortável”, espera José, ao salientar que após a cirurgia, que durou um pouco mais de uma hora, já não sentia mais dor. “Foi muito bom. Estou me recuperando bem. O atendimento dos profissionais e do hospital foi nota mil”, avaliou o paciente.

José foi um dos seis pacientes que vieram de Xaxim, Santa Catarina, e foram beneficiados por um mutirão cirúrgico realizado no HSVP Unidade 2. Eles foram encaminhados pela Secretaria Municipal de Saúde para um verdadeiro mutirão de cirurgias de quadril.

O parceiro de quarto de José, o corretor de imóveis aposentado, Plínio Lenoir Lunardi, 64 anos, também estava com sorriso de satisfação por ter feito a cirurgia de implante de quadril, após um ano e meio de espera. “Um alívio não sentir mais dor. Minha qualidade de vida já é outra. A partir de agora, espero poder amarrar os calçados, me movimentar e retomar o trabalho, já que a constante dor me impossibilitava de fazer tudo”, declara Plínio, ao agradecer a Secretaria Municipal de Saúde pela iniciativa de propiciar a cirurgia aos cidadãos de Xaxim. “Isso é um exemplo que deve ser seguido por outros municípios”.

Para o ortopedista, Dr. Luiz Henrique Penteado, a artroplastia total de quadril, ou implante de prótese de quadril é um procedimento frequente para o corpo clínico do Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT) que atua no HSVP Unidade 2. Entretanto, a novidade foi o número de pacientes que, em 24 horas, foram examinados para posterior definição de condutas e a execução das cirurgias. Quanto a avaliação dos procedimentos, Penteado reforçou a alta resolutividade do serviço. “Resolvemos a vida dos pacientes de forma imediata, dentro de uma logística que funcionou muito bem”. Segundo o ortopedista, os seis pacientes advindos de Xaxim, em sua grande maioria, tinham muito tempo de espera pela cirurgia. O que acarretava dor e significativa limitação de mobilidade em seu dia a dia. “Eles não conseguiam colocar uma meia, secar os pés depois do banho”, exemplifica Penteado, ao enfatizar que após a cirurgia, esses pacientes têm melhora imediata na mobilidade e maior qualidade de vida.

Mutirão beneficiará 28 pacientes
O mutirão cirúrgico foi uma iniciativa da Prefeitura de Xaxim que firmou um contrato com o HSVP Unidade 2, via processo licitatório, para a realização de 28 cirurgias de alta complexidade, para a implantação de próteses de quadril. Os médicos ortopedistas Luiz Henrique Penteado, Gabriel Knop, Tercildo Knop e Samuel Faccioni, são os responsáveis pelos procedimentos.

Utilizando recursos próprios, o intuito da Prefeitura de Xaxim é zerar a fila de espera naquele município para esse tipo de procedimento. Com esse mutirão cirúrgico 28 pacientes, com idades entre 42 e 75 anos, que aguardavam pelo procedimento, serão beneficiados.

O município de Xaxim tem 30 mil habitantes e segundo o secretário de Saúde, Davi Provenzi Machado, para cirurgia de coluna, por exemplo, mais de 290 pessoas aguardam para fazer o procedimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “O alto número de pessoas na fila de espera por uma cirurgia nos chamou atenção. Em sua grande maioria são pessoas jovens que perderam mobilidade e qualidade de vida. Portanto, pensando em oferecer melhor qualidade de vida a essas pessoas, a gestão municipal teve a iniciativa de investir recursos próprios para reduzir e até zerar a fila”.

Quando chegaram ao hospital os pacientes foram recepcionados pelo presidente do Hospital São Vicente de Paulo, José Miguel Rodrigues da Silva, que, junto com o diretor administrativo da Unidade 2, José Carlos Nascimento, destacou o fato de o HSVP ser referência na prestação de serviços de saúde para Passo Fundo e região. José Carlos ainda pontuou que o primeiro mutirão teve êxito, porque todos os profissionais envolvidos, dos mais diversos setores, cumpriram com sua entrega, possibilitando que todas as etapas ocorressem com sucesso e resolutividade.

Os seis pacientes que fizeram cirurgia nesse sábado receberam alta nessa segunda-feira (12) e já retornaram para casa. Na próxima quinta-feira, 15 de novembro, mais cinco pacientes serão submetidos à cirurgia de quadril no HSVP Unidade 2. Os demais procedimentos deverão acontecer no decorrer dos meses de novembro e dezembro.

Foto: Presidente do HSVP, José Miguel Rodrigues da Silva e equipe da Unidade 2 recebendo pacientes do mutirão (Foto Divulgação Assessoria de Comunicação HSVP)

Foto: José Cabral esperava para fazer a cirurgia de quadril há mais de 4 anos (Foto Divulgação Assessoria de Comunicação HSVP)

Foto: Plínio e José felizes e satisfeitos com o resultado das primeiras cirurgias do mutirão de quadril (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Endil Mello)

Galeria de fotos