Notcias

Notcias

Em 10 anos, HSVP registra 67% de aumento em número de casos de câncer

19/02/2019

 O registro de dados, casos e informações acerca de doenças é fundamental para a evolução dos tratamentos. Com dados epidemiológicos é possível mapear causas, regiões com mais casos, prevalência das doenças, entre inúmeros outras informações. É pensando nisso, que o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, desenvolve desde 1994 o Registro Hospitalar do Câncer, uma publicação que reúne dados epidemiológicos dos pacientes atendidos no hospital com diagnóstico comprovado de câncer. Os dados, com suas nuanças regionais, também colaboram nas informações que vão nortear os protocolos do Ministério da Saúde, através do INCA – Instituto Nacional do Câncer, em função da diversidade das características sócio-político-econômico-culturais de um país com dimensões continentais como o Brasil.

A identificação dos casos registrados é feita a partir da análise de todos os prontuários dos pacientes atendidos no HSVP em regime ambulatorial ou internação e codificados como apresentando diagnóstico de câncer. Para aumentar a eficiência do registro, evitando perda de casos, os dois serviços de patologia de Passo Fundo enviam ao Registro de Câncer todos os resultados de exames realizados no hospital, para cruzamento de dados.

Conforme a última publicação feita em 2018 e que analisou os casos registrados no ano de 2016, foram registrados 2.616 novos casos de câncer no HSVP, um aumento de 67% quando comparado a 2006, onde foram registrados 1764 novos casos. Dos 2.616 casos, 1338 foram em mulheres e 1278 em homens. “Esse incremento no número de casos nos últimos dez anos é devido a múltiplos fatores: aumento real de incidência (os dados do INCA apontam no Brasil um aumento de cerca de 40% no mesmo período), maior eficiência no diagnóstico, aumento do número de casos atendidos no HSVP por tratar-se de centro de referência macrorregional que dispõe de toda a infraestrutura humana e tecnológica para oferecer todo o tratamento multidisciplinar e multiprofissional necessário”, explica o oncologista do Instituto do Câncer Hospital São Vicente, Dr. Rodrigo Ughini Villarroel.

Excetuando os casos de câncer de pele, que são os mais comuns no Brasil e no mundo, o Registro Hospitalar do Câncer do HSVP mostra que nos últimos 15 anos os tipos de câncer mais prevalentes são: Próstata, Pulmão, Cólon-Reto e Estômago. Já entre as mulheres as neoplasias mais frequentes são: Mama, Cólon-Reto, Pulmão e Colo do Útero. “Estes dados estão muito alinhados com a estatística nacional fornecida pelo INCA para 2018 e reforça a necessidade de que seja mantido um planejamento na área de saúde direcionado para campanhas de prevenção, rastreamento e modificação de hábitos de vida para efetivamente impactar nas taxas de incidência e mortalidade por câncer”, orienta Rodrigo.

Outro dado relevante trazido pelo registro é a cidade de origem dos pacientes, sendo que cerca de 2/3 dos casos registrados não são de pacientes do município de Passo Fundo, pois o hospital recebeu pacientes de 221 municípios, do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
O Registro Hospitalar do Câncer completo está disponível no sitewww.hsvp.com.br/publicacoes .

Foto: (Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)