Notcias

Notcias

Cirurgia motorizada para os pequenos no HSVP

26/02/2019

 A humanização no cuidado com os pacientes é um dos pilares do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, que busca por meio dos profissionais e projetos, tornar mais ameno o processo de cura de doenças e restabelecimento da saúde das pessoas. E, foi pensando em diminuir a ansiedade, o medo e o trauma das crianças que precisam de cirurgia que o médico cirurgião Pediátrico, Dr. Gustavo Gastro teve a ideia de implantar a Cirurgia Pediátrica Motorizada no HSVP. Apoiado pelo médico Cirurgião Torácico Dr. João Isidro e um grupo de dez médicos, carrinhos elétricos foram adquiridos para fazer o transporte das crianças até a sala de cirurgia.

A iniciativa pioneira foi realizada pela primeira vez no hospital nesta terça-feira, 26 de fevereiro, e encantou crianças, pais e profissionais. O choro, a dor e o medo foram substituídos por olhares curiosos e alegres quando as crianças entravam na sala de espera e viam o carrinho. Acompanhadas pela mãe e médico, as crianças entram no carrinho e vão "dirigindo" até a sala onde acontece o procedimento. Lucas Davi Vieira, seis anos, estava com muitas dores em função da apendicite, mas ao ver o carrinho e embarcar nele parece ter esquecido os sintomas. Dirigiu pelos corredores do bloco, acenou e buzinou para todos. “Acho uma iniciativa muito legal, porque eles passam por várias coisas, a dor, o medo, então isso ajuda muito a distrair e divertir. Ele acordou da anestesia e começou a contar como foi o passeio”, relatam os pais Luiz Alfredo Vieira e Micheli dos Santos.

Os médicos ficaram contentes com a reação e evidenciaram que este é objetivo, promover uma experiência menos traumática para as crianças e também as deixar mais tranquilas no pré-operatório. “Nós queremos que as crianças passem por essa experiência sem trauma, saiam do Centro Cirúrgico mais tranquilas e que possa também ser um momento lúdico pois, isso, com certeza ajuda na recuperação”, evidenciam os profissionais.

Além dos carrinhos, os médicos evidenciam que a sala cirúrgica foi decorada com adesivos para tornar a experiência ainda mais divertida. “Organizamos a sala para que se tornasse um ambiente mais confortável e acolhedor, para que também ao chegar no local não ficassem assustadas ou com medo”, destacam Castro e Isidro.

Foto: Lavínia de Campos, cinco anos também adorou a experiência de passear no carrinho (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)
Foto: Iniciativa foi aprovada pelos pequenos (Foto Assessoria de Comunicação HSVP/Caroline Silvestro)

Galeria de fotos