Notcias

Notcias

Doadores do Amanhã: projeto visa conscientização da importância da doação de sangue

22/04/2019

O ato de doar sangue, muito mais que uma ação solidária, salva vidas. Pensando na conscientização das pessoas em relação a importância da doação de sangue, surgiu a ideia do Projeto Doadores do Amanhã, que é uma parceria entre o Serviço de Hemoterapia e Comunicação Social do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), de Passo Fundo, a Universidade de Passo Fundo (UPF), através do programa de extensão ComSaúde que possui três eixos: Medicina, Jornalismo e Artes Visuais, a Academia de Letras Passo-Fundense e a Secretaria Municipal de Educação.

Juntamente da Secretaria de Educação e a Academia Passo-Fundense de Letras, vem sendo desenvolvido um trabalho com as crianças das escolas municipais. A iniciativa de trabalhar com as crianças, segundo Dilse Piccin Corteze, membro da Academia Passo-Fundense de Letras, deu-se pelo fato de que, “elas ainda estão em formação e vão crescendo com essa mentalidade de ser doador de sangue. Além disso, elas levam a ideia até em casa e proporcionam a conscientização dos pais a respeito do assunto”.

Em 2018, o projeto foi realizado em quatro escolas pilotos, sendo duas do Ensino Fundamental e duas de Educação Infantil. As aulas foram desenvolvidas por alunos da Medicina que, também, foram os responsáveis pela capacitação dos professores, que por sua vez, trabalharam em sala de aula com as crianças onde desenvolveram diversos trabalhos. Dilse destaca ainda que foi surpreendente a disposição das escolas, professoras e alunos que participaram no ano passado e fizeram um trabalho maravilhoso.

Para Dra. Cristiane S. Rodrigues de Araújo, Responsável Técnica do Serviço de Hemoterapia do HSVP e Professora Coordenadora do Projeto Doação de Sangue/ComSaúde, é importante destacar a história dos trabalhos de extensão que já tem quatro anos e começou com cerca de dois alunos da Medicina. “Hoje tem 20 alunos de Medicina, aliado a vários colaboradores do Serviço de Hemoterapia e a gente foi agregando parceiros”, relata.

Em relação aos planos deste ano, Cristiane ressalta que há várias ações programadas e a intenção é envolver todas as escolas municipais de Passo Fundo. Quanto ao resultado desse projeto, Dilse revela que resultará em um livro que vai ser editado e publicado, com lançamento previsto para a Jornada Nacional de Literatura, onde os alunos vão autografar. No livro vão estar inclusos os trabalhos desenvolvidos pelos alunos e professores e, além disso, ele vai ser distribuído para a população com o objetivo de conscientizar sobre a importância da doação de sangue.

Lei Municipal
A criação do projeto de Lei, aprovado em dezembro do ano passado, pela Câmara de Vereadores, foi uma colaboração do Vereador Saul Spinelli e o Departamento Jurídico do HSVP. A Lei promove a importância de falar sobre a doação de sangue e medula óssea, possibilitando trabalhar o assunto na comunidade e principalmente, entre os jovens, pois quanto mais precoce for a conscientização, maior é a chance de se tornar um doador frequente.
Para Cristiane, essa Lei foi muito importante, em razão de viabilizar que as ações realizadas pelo projeto fossem consagradas e agora todo ano faz parte da grade curricular municipal trabalhar o tema de doação de sangue no mês de junho, que é o mês vermelho, já que o Dia Internacional do Doador é lembrado em 14 de junho.

Foto: Os livros elaborados através do Projeto Doadores do Amanhã foram entregues, na última semana, aos diretores das escolas municipais de Passo Fundo (Foto: Assessoria de Comunicação HSVP/ Scheila Zang)