Notcias

Notcias

Cirurgião torácico realiza atualização na China

02/10/2019

 O cirurgião torácico, membro do corpo clínico do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, Dr. João Isidro Fracasso participou do curso Advanced Uniportal Vats Training, em Xangai, na China e passou 20 dias, aprendendo uma nova técnica cirúrgica, além de conhecer a rotina, pesquisas e inovações que estão sendo desenvolvidas no Shanghai Pulmonary Hospital.

O curso é aplicado pelo cirurgião espanhol Dr. Diego Ribas González, que desenvolveu a técnica cirúrgica uniportal, onde o procedimento para retirada de um lobo do pulmão ou a completa retirada do pulmão é feita por um corte de 4cm, na parede torácica. A técnica é aprovada e conhecida no mundo todo, como sendo uma das melhores para estes casos. A espera para participar do curso é de 3 anos e meio e profissionais do mundo todo buscam a atualização. “No Hospital São Vicente, eu já realizo uma técnica avançada, a diferença é que fazíamos duas incisões. Participando do curso, vamos desenvolver essa técnica aqui, onde apenas uma incisão de 4cm é feita, e isso, traz benefícios para o paciente como menos dor e rápida recuperação”, enaltece Dr. João.

A imersão de 20 dias no Shanghai Pulmonary Hospital além do conhecimento para a técnica cirúrgica, também possibilitou que Dr. João visse o robô que está sendo desenvolvido para realizar a cirurgia, a evolução dos pacientes, a forma como funciona o sistema de saúde na China, mutações e casos de câncer de pulmão entre outras experiências que agregam muito no dia a dia do profissional. “O hospital de Shanghai é o maior hospital do mundo em número de procedimentos para tratamento de câncer de pulmão por vídeo cirurgia, com excelentes resultados. Então, tive o contato com esse grande número de pacientes e pude conhecer a realidade de tratamento de câncer no país, a alta incidência da doença devido ao uso do cigarro e poluição”, relata Dr. João, pontuando que o somatório dessa experiência reflete em mais conhecimentos e melhoria no tratamento dos pacientes daqui. “Estamos no interior do Rio Grande do Sul, mas desenvolvendo técnicas de primeiro mundo e alinhandos a estes grandes centros”.

Ainda, durante a passagem pela China, o cirurgião torácico palestrou no curso sobre uma nova técnica de cirurgia de traqueia.

Fotos: Médico passou 20 dias na China, no Shanghai Pulmonary Hospital (Foto Arquivo Pessoal)

Galeria de fotos